PUBLICIDADE ONLINE – 4 FORMATOS ÚTEIS

No artigo anterior apontámos as vantagens da publicidade online para as empresas, nomeadamente paras as PME. Mas quais os melhores formatos e qual a sua eficácia? Seguem-se quatro modalidades úteis de publicidade na Internet.

 

 1. ANÚNCIOS GOOGLE ADWORDS

São anúncios de texto que surgem no topo das pesquisas efectuadas no Google e que, quando clicados, direccionam os utilizadores para uma determinada página do website das empresas anunciantes.

A particularidade destes anúncios é que eles são activados por palavras escolhidas pelos próprios anunciantes sempre que estas são pesquisadas pelos utilizadores no Google.  Por exemplo, se possui um stand de automóveis usados pode escolher palavras como “carros usados” e “carros seminovos”, entre outras, tendo o cuidado de excluir palavras não adequadas ao seu negócio (ex: “novos”) de forma a maximizar a eficácia e aumentar o retorno do investimento.

O segredo de uma boa campanha de Adwords está em criar anúncios com bom copy, activados por uma selecção de keywords adequada, fazer uso das extensões de anúncios disponíveis e efectuar opções correctas ao nível das modalidades de pagamento e dos lances (valor a pagar por clique).

A óbvia vantagem dos anúncios Adwords é que a pesquisa tornou-se uma etapa do processo de compra e eles só são apresentados a quem já está à procura de um produto ou serviço que a sua empresa poder fornecer, por isso os anúncios surgem como uma resposta à pesquisa dos utilizadores, uma ajuda relevante que eles agradecem.

 Saiba mais sobre os anúncios Google Adwords.

 

2. REMARKETING OU RETARGETING

Já lhe aconteceu começar a ver por toda a Internet um anúncio a um determinado produto/serviço depois de o ter estado a ver no site de uma empresa? Isso é remarketing!

Trata-se de um formato publicitário cujo objectivo é trazer o potencial cliente de volta ao site e assim conseguir uma (ou várias) nova(s) oportunidade para fazer negócio. É muito usado, por exemplo, em lojas online, quando os utilizadores visitam a página de um produto mas não finalizam a compra. Se costuma fazer compras online certamente sabe do que estamos a falar.

Uma enorme vantagem do remarketing/retargeting é que os anúncios são apresentados a um grupo de pessoas que já demonstrou interesse visitando o seu website ou loja e isso permite-lhe, inclusivamente, personalizar os anúncios, por exemplo oferecendo descontos de última hora que podem ser o incentivo que faltava à concretização da compra.

Um alerta: o remarketing é um formato publicitário extraordinário mas é necessário ter alguns cuidados na sua utilização. Ninguém gosta de sentir-se perseguido por um anúncio, por isso as campanhas devem ser configuradas de forma a que o utilizador não se sinta alvo de stalking e com vontade de pedir uma ordem de restrição contra a sua empresa.

Conheça o nosso serviço de remarketing/retargeting.

 

3. ANÚNCIOS FACEBOOK

O Facebook tem mais de 1 bilião de utilizadores a nível global e cerca de 5 milhões só em Portugal. Segundo a marktest, 66% dos utilizadores seguem marcas nesta rede social e 17% considera que esse facto tem “muita influencia” nas suas opções de compra.

Anunciar no Facebook oferece-lhe a possibilidade de impactar de uma forma muito acessível uma larga audiência ou destinatários seleccionados em função da idade, localização e interesses. E, tal como no remarketing, também pode anunciar apenas a pessoas que já visitaram o seu site ou mesmo constituir audiências especificas importando contactos de bases de dados externas.

Os anúncios de Facebook são úteis em várias etapas do processo de compra, da captura da atenção à fidelização dos clientes, contribuindo simultaneamente para o promover awareness, para as vendas e para o branding da sua empresa.

Anunciar no Facebook é barato e fácil, mas para aumentar a eficácia e maximizar o retorno é importante saber constituir as audiências certas, seleccionar as modalidades de pagamento mais adequadas e seguir as melhores práticas na criação de anúncios.

Visite o serviço de publicidade em redes sociais da TRIGGER.

 

4. PUBLICIDADE DISPLAY

Quando falamos de publicidade display referimo-nos designadamente aos banners, imagens com formatos predefinidos que normalmente incluem sempre o logo da empresa e um incentivo à acção (call to action) em forma de texto, remetendo o utilizador para um site onde se espera que ele realize uma determinada acção, seja a compra de um produto ou o preenchimento de um formulário, por exemplo.

Durante muitos anos os anunciantes abusaram dos banners e as pessoas habituaram-se a ignorá-los (ad blindness) mas avanços tecnológicos recentes trouxeram novas formas de segmentação e os banners tornaram-nos mais eficazes que nunca, voltando em força ao marketing mix das empresas.

A publicidade display permite-lhe seleccionar o placement (sites onde os anúncios são apresentados) e o perfil de destinatários a quem eles são apresentados. A segmentação pode ser de ordem geográfica, demográfica, contextual (anúncios em sites sobre determinadas temáticas) ou comportamental (anúncios apresentados a pessoas que fazem determinadas pesquisas).

Bons anúncios e a correcta selecção/combinação de opções de segmentação permitem-lhe apresentar publicidade que enriquece a experiência do utilizador em vez de a interromper, tornando estes novos banners ainda mais eficazes.

Saiba mais sobre a evolução dos recente nos banners.

Gostou deste artigo? Quantos deste formatos de publicidade a sua empresa já experimentou? Qual deles lhe tem trazido os melhores resultados? Diga-nos nos comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.