MOBILE MARKETING III: 6 TENDÊNCIAS À ATENÇÃO DAS EMPRESAS| SITEMAP 33

O “SiteMap – um guia para o marketing digital” é uma rubrica semanal da agência TRIGGER na MAIS OESTE RÁDIO. Pode ouvi-la na rádio todas as segundas-feiras (8:50, 11.05, 12:20 e 17:45, 23.10). No nosso blogue pode ouvir e subscrever o Podcast ou ler a transcrição de cada programa. 


SITEMAP, PROGRAMA 33

… e, num futuro talvez não tão longínquo quanto possa pensar, estes aparelhos acabarão mesmo por ser desnecessários – trá-los-emos incorporados, deixarão de ser uma extensão para passarem a ser uma parte do nosso corpo.

TRANSCRIÇÃO INTEGRAL:

Olá e sejam bem vindos a mais um SiteMap, o vosso guia para o marketing digital. Hoje finalizamos uma série de 3 programas sobre Mobile Marketing apresentando-vos um conjunto de tendências que as empresas devem conhecer para saberem o que esperar num futuro mais ou menos próximo e poderem, se possível e pertinente, incluir nas suas estratégias de marketing digital.

Escolhemos 6, aqui ficam elas:

1. WEARABLES

Se a generalização dos smartphones tornou o mobile marketing incontornável, nos próximos anos pode contar com outros aparelhos para acentuar esse facto.

Ainda não são mainstream mas não duvidem de que vieram para ficar. Ok, os óculos da Google não foram exactamente um sucesso estrondoso, mas foram um prenúncio. Entretanto a Apple lançou-se na corrida com o Apple Watch e vários outros wearables deverão chegar ao mercado este ano. E, num futuro talvez não tão longínquo quanto possa pensar, estes aparelhos acabarão mesmo por ser desnecessários – trá-los-emos incorporados, deixarão de ser uma extensão para passarem a ser uma parte do nosso corpo.

2. DADOS BIOMÉTRICOS

No sector da saúde existem já aplicações mobile que permitem recolher e relacionar informação sobre os pacientes para definir e monitorizar tratamentos, o que é fantástico. Mas, como diriam os americanos, “make no mistake”: algumas das possibilidades deste tipo de aplicações tornar-se-ão também, inevitavelmente, um recurso para iniciativas de marketing com o objectivo de angariar elementos que permitam compreender melhor os estados emocionais dos utilizadores para lhes fornecer depois experiências digitais ainda mais personalizadas e relevantes e, consequentemente, mais eficazes e lucrativas.

3. APLICAÇÕES

A tendência para fornecer experiências mobile está a ditar uma aposta crescente em aplicações que funcionam em complementaridade com o website e permitem às empresas obter mais informação sobre os utilizadores e fornecer-lhes utilidade ou entretenimento.

Adicionalmente, é expectável um processo de integração de funcionalidades que surgem naturalmente associadas no nosso dia-a-dia mas que se encontram dispersas no segmentado mercado das aplicações mobile.

4. APLICAÇÕES + ECOMMERCE + SOCIAL

De formas distintas, as principais redes sociais têm vindo a testar e/ou a introduzir funcionalidades que estão a eliminar as fronteiras até aqui existentes entre a componente social da web e o ecommerce.

Brevemente, certamente numas redes mais do que em outras e em diferentes graus, a fronteira entre ambas as coisas será muito mais ténue e as oportunidades para utilizar estas plataformas para vender produtos ou serviços directamente fará as marcas sonhar e os marketers salivar. Resta saber o que os utilizadores vão achar disso.

5. MARKETING DE LOCALIZAÇÃO

Do ponto de visto do marketing, uma das maiores vantagens do mobile, para além do alcance e da exposição em permanência, é a possibilidade de geolocalização dos utilizadores, cada vez mais utilizada para ativar campanhas personalizadas – seja através do envio de um SMS quando o utilizador se aproxima da loja física, do envio de mensagens através de uma aplicação ou da activação de um anúncio. Nunca foi confrontado com esta realidade? Não há-de faltar muito.

Adicionalmente, a geolocalização pode também ser um recurso para modalidades de pagamento como o NFC – uma tecnologia que lhe permite pagar uma compra passando o telemóvel junto de um sensor.

6. PAGAMENTOS MOBILE

Utilizar o seu smartphone para associar os cartões do banco ao número de telefone e dessa forma poder pagar as suas compras mais rapidamente será uma prática comum num futuro próximo. Por cá, já temos o MB Way como exemplo. Mas pode esperar mais: a crescente mobilidade das pessoas deverá mesmo conduzir à criação de serviços de pagamento globais.

E com a sexta tendência do mobile marketing chegamos ao final de mais um SiteMap. Cá vos esperamos na próxima semana para mais um programa. Até lá, façam bons negócios!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.