VIDEO MARKETING: NÚMEROS E BENEFÍCIOS | SITEMAP 29

O “SiteMap – um guia para o marketing digital” é uma rubrica semanal da agência TRIGGER na MAIS OESTE RÁDIO, onde passa semanalmente às segundas-feiras (8:50, 11.05, 12:20 e 17:45, 23.10). No nosso blogue pode aceder à transcrição dos programas ou à versão audio através do Podcast, que também pode subscrever.


SITEMAP, PROGRAMA 29

O vídeo consegue taxas de retenção da informação e da atenção superiores ao texto e às imagens estáticas, conseguindo comunicar informações complexas de uma forma simples e rápida.

TRANSCRIÇÃO INTEGRAL:

Olá a todos, estamos de volta para mais um SiteMap, o vosso guia para o marketing digital, desta vez com o primeiro de dois programas sobre vídeo marketing.

VÍDEO, UM FORMATO EM GRANDE EXPANSÃO

Comecemos, então, por alguns números reveladores:

  • Segundo a Cisco, em 2017 o vídeo será responsável por 69% de todo o tráfego na Internet, o que não é de estranhar porque está a crescer cerca de 60% ao ano;
  • Num estudo na Nielson, 64% dos marketers esperam que o vídeo domine as suas estratégias num futuro próximo;
  • O Youtube recebe mais de um milhão de visitantes únicos por mês, só superado pelo Facebook;
  • E de acordo com a Axonn Research, 7 em cada 10 pessoas vê as empresas de forma mais positiva depois de visualizarem conteúdos de vídeo por elas produzidos.

Estes são apenas alguns indicadores que traduzem dois factos inegáveis: incluir o vídeo no marketing mix digital é importante e essa importância tende apenas a aumentar.

BENEFÍCIOS DO VÍDEO MARKETING

Quando falamos de vídeo marketing estamos a referir-nos ao uso do vídeo para promover uma marca, produto ou serviço, isoladamente ou em associação com outras táticas de marketing. O crescimento do uso do vídeo é uma consequência direta dos seus benefícios, mas quais são eles exatamente?

Aqui ficam alguns dos mais importantes:

  1. EFICÁCIA – o vídeo consegue taxas de retenção da informação e da atenção superiores ao texto e às imagens estáticas, conseguindo comunicar informações complexas de uma forma simples e rápida.
  2. EMOÇÃO – o vídeo exige menor esforço de compreensão e proporciona respostas emocionais quase imediatas ainda antes da compreensão plena da mensagem.
  3. ACESSIBILIDADE – hoje existem múltiplas plataformas de distribuição de vídeo online e o acesso ao vídeo através de aparelhos móveis é generalizado.
  4. ENGAGEMENT – o vídeo é o formato digital com maior potencial de partilha e viralidade, nomeadamente através da sua articulação com as redes sociais.
  5. CONFIANÇA – o vídeo dá um rosto às empresas, humaniza-as e aumenta o nível de confiança nas marcas, essencial para obter mais leads e facilitar os processos de conversão/venda.
  6. REPUTAÇÃO – porque começou por ser bastante dispendioso, o vídeo-marketing está associado a marcas Top of Mind, pelo que constitui ainda um importante fator distintivo.
  7. OTIMIZAÇÃO PARA MOTORES DE PESQUISA (SEO) – o Google gosta de vídeos e, por razões óbvias, ainda gosta mais se eles forem publicados no Youtube. A criação e distribuição de vídeos online pode ser um recurso extremamente alioso para melhorar a posição de uma empresa no ranking dos resultados das pesquisas.

Finalizada a lista, por hoje ficamos por aqui. Na próxima semana vamos distinguir marketing com vídeo de marketing a um vídeo e apresentar-lhe as melhores situações para recorrer ao vídeo e quais as boas práticas a seguir. Contamos consigo. Até lá, boa semana e bons negócios!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.